• rosanaknapp@caesdeluxo.com.br

  • Telefone e whatsApp: 51 84014370 e 51 84119397

Knapp Kennel Criando Shih Tzu com Qualidade há 30 Anos.

Toggle Navigation

Filhotes de Shih tzu com garantia de saúde

By Rosana Knapp, 07 de junho de 2016
shih tzu

Nossos filhotes são vendidos mediante um contrato de compra e venda, incluindo a garantia de saúde contra doenças viróticas por 10 dias e genéticas por 2 anos de idade. São entregues com no mínimo 2 doses de vacinas importadas, desverminados, com microchip e pedigree CBKC-FCI. Os pais são vacinados e desverminados antes da cobertura.

Garantimos também a entrega do pedigree CBKC - FCI e as qualidades de acordo com o padrão da raça Shih tzu.

 

Jamais compre um filhote de Shih tzu sem garantia de saúde para doenças infecto-contagiosas como parvovirose, coronavirose e cinomose. São doenças altamente contagiosas que podem levar seu filhote à óbito.

 

Nunca compre um filhote de Shih tzu sem garantia de saúde para doenças genéticas por pelo menos 2 anos de idade, onde poderá aparecer graves doenças de fundo genético como a displasia renal. É uma doença silenciosa que pode aparecer por volta dos 15 meses de idade levando seu filhote á óbito.

 

Um filhote somente estará imunizado com no mínimo 3 doses de vacinas éticas aplicadas por um veterinário. Não pegue um filhote antes de pelo menos 2 doses de vacinas, antes dos 70 dias de idade pois a raça shih tzu é tardia no desenvolvimento e principalmente na eclosão de dentes.

Na raça Shih tzu é bem comum a hérnia umbilical na qual é causada pela mãe na hora de cortar o cordão umbilical. Pequenas hérnias umbilicais não tem necessidade de cirurgia para fechamento e não são perigosas, geralmente estas hernias umbilicais fecham até 2 anos de idade.

Nunca garantiremos a cor de um Shih tzu. Ele nasce com a pelagem colorida bem escura quase preta e clareia com a idade. Quem garantir a cor de um filhote de Shih tzu para você na hora da venda, estará mentindo. Os marrons escuro poderão ficar dourados e os preto e branco poderá ficar cinza ou grisalho.

Muitos criadores tem vendido filhotes de cães dizendo que é um Shih tzu pois a raça está na moda, veja o depoimento de uma pessoa que procurou um Shih tzu no google e comprou por preço mais em conta:

shih tzu srd

Sempre fui apaixonada pof cachorros, ainda mais os da raça Shih tzu. Um dia resolvi que compraria mais uma cachorrinha (já tinha uma Shih tzu) e comecei a procurar. No dia 10/05/2016 entrei em um site de compra e venda de produtos, um desses que fazem propaganda na televisão. Encontrei uma variedade de cachorros, de todos os preços. Depois de pesquisar muito, finalmente encontrei: uma shih tzu filhote fêmea, preta, linda, focinho curto, pelo sedoso, uma perfeição, mas melhor aind era o preço de R$600,00. Entrei em contato com a proprietária via whatsapp e pedi mais fotos. Ela me mandou mais uma. Pronto. Me apaixonei. Era ela que eu queria. Não pedi fotos dos pais nem pedigree (primeiro erro). Conversei com a família sobre a possibilidade de adotarmos mais um cachorro, todos foram contra. Desisti.

Dia 19/05/2016 decidi que compraria sem o apoio da família mesmo. Liguei para a proprietária, o filho dela atendeu e eu perguntei: '' Você ainda tem a shih tzu preta?'' ''Sim" ele respondeu. ''Posso buscá-la amanhã?'' Perguntei. ''Se você quiser te entrego hoje mesmo'' foi a resposta. OPA! Era meu dia de sorte! Eu nem precisaria sair de casa. Uma hora depois a cachorrinha estava na minha casa, com a carteirinha de vacina e eu tinha pago a vista emm dinheiro. Eles não quiseram entrar, apenas pegarm o dinheiro e não me explicaram nada. Na euforia, também não perguntei, Foi tudo muito rápido, durou menos de 5 minutos e o negócio foi feito na calçada. E nesse momento já tinham ocorrido diversos erros: não ter conhecido os pais, não ter visto o local da criação dos filhotes e não ter pedido um recibo. Era de noite. Estranhei um pouquinho a cachorrinha, não parecia a da foto, mas como não especifiquei qual shih tzu preta eu queria, poderia ser uma irmãzinha dela, correto? Não. E eu iria descobrir isso mais tarde.

No dia 25/05/2016 eu levei ela ao veterinário para tomar a segunda dose de vacina. Para a minha surpresa, a veterinária disse que ela não tinha tomado nem a primeira vacina. ''Como assim?'' Perguntei. '' Está escrito aí na carteirinha ue ela tomou''. A resposta foi rápida: ''Para esta vacina ter sido dada, devefia ter o selo da vacina e o cariimbo com a assinatura do veterinário, do jeito que está, não vale''. Fiquei irritada. Irritada que por causa uma falta de conhecimento ter sido enganada. Se não bastasse isso, ela começou a fazer perguntas sobre: ''Você comprou ela?'' ''Quanto pagou?'' ''Conheceu os pais?'' e aquilo começou a me incomodar. Até que resolvi perguntar '' qual é o problema com ela?'' (é minha veterinária de confiança, tenho liberdade para perguntar e ela de me responder) e ela disse: ''Ela é muito pequena, mas temo que ela tenha cruza com poodle''. Ela chegou a essa conclusão com base no pelinho meo crespo (sendo que do shih tzu é liso)e as manchinhas nas patas característico da raça poodle. Eu estava com ódio por ter sido enganada, mas já tinha me apegado ao bichinho.

Para ter certeza, procurei a opinião de um especialista em shih tzu, encontrei então o Senhor Marcelo, que por uma conversa por telefone solicitou uma foto dela. Enviei. Lembro que ele respondeu ''não dá pra dizer pela foto porque ele é preto (...) Mas de cara cho que não é. Só quero confirmar para não ser injusto''. Ele queria ve-la mais de perto e nós tínhamos combinado que na semana seguinte eu levaria ela ao kennel.

Liguei para a pessoa que me vendeu e relatei o acontecido. Pedi parte do meu dinheiro de volta, caso contrário, denunciaria ela por estelionato. Ela me xingou. E foi o que eu fiz. Na delegacia, fiz um boletim de ocorrência, mas sem nome ou o endereço, a polícia disse que não poderia fazer nada. Voltei para casame sentindo uma besta. E agora? Paguei R$600,00 em um vira-lata, sem a vacina e não tenho como pegar o meu dinheiro de volta. Só que este, era o menor dos meus problemas.

Como ela não tinha tomado a vacina, a veterinaria me indicou dar o remédio de vermes e voltar dia 01/06/2016 para tomar a primeira vacina. Foi o que eu fiz, voltei no dia marcado e dei a primeira vacina. Era segunda-feira e ela ficou normal. No dia seguinte, ela estava tristinha, não brincava e não comia. Pensei que fosse freação da vacina e não dei muita bola. De noite, ela vomitou. Liguei para a veterinária e ela mandou dar 2 gotas de Plasil. Fiz isso e fomos dormir (ela dormia na minha cama).

Na madrugada de terça-feira para quarta-feira, acordei ela para fazer xixi, como ela era bebê, eu acordava e ela fazia xixi no jornal. Coloquei ela no chão e ela caiu. Não conseguia ficar em pé. Me apavorei e levei ao veterinário, as 4:30h da madrugada. Depois de 1 hora e meia, veio o resultado: estava com parvovirose. Doença, esta, que seria prevenida caso a antiga-proprietária tivesse dado a vacina. Fiquei com medo. A veterinária da clinica me disse que não teriam isolamento, portanto, eu deveria tratar em casa ou procurar uma outra clinica. Com a medicação e os exames, eu gastei R$ 377 e ainda deveria procurar outro lugar.
Fui para faculdade. Mas não saia da minha cabeça a minha Lara ( este era o nome dela). Voltei pra casa mais cedo. Ela não tinha melhorado. As 11 horas levei ela à um hospital veterinário e ela ficou internada. Foram 3 dias de angustia, sofrimento e dor. Tanto para mim quanto para ela.  Infelizmente, ela não resistiu. Mas me deixou muitas lições, algumas de amor que não há como explicar e outras que eu repasso para vocês: não se compra cachorro pelo preço. O barato pode sair caro. No meu caso, gastei R$ 377,00 na clínica, R$ 45,00 de ração especial e R$401,00 no hospital, além dos R$ 600,00 do valor dela; não se pede tele-entrega, pede-se recibo e se possível um contrato (para ter dados para processa-lo depois), deve-se ir ver o filhote, pois a foto que a moça me enviou era falsa; deve-se pedir para ver os pais; deve-se conferir a carterinha de vacinação (tem que ter o selo da vacina, o carimbo e a assinatura do veterinário); e pedigree não é besteira. Um criador sério, não negar-se-á de tomar esses cuidados. Não tive sorte com a Lara, mas espero que com o meu relato outras pessoas tomem mais cuidado e não caiam no mesmo golpe.
Márcia Luz Dorneles.